' DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL, POLÍTICAS PÚBLICAS E E MEIO AMBIENTE NO CAMPO E NA CIDADE - ORGANIZADORES: MÁRCIA REGINA FARIAS DA SILVA, EMANOEL MÁRCIO NUNES, NILDO DA SILVA DIAS, ALEXANDRE DE OLIVEIRA LIMA, ALFREDO MARCELO GRIGIO, MARIA DA CONCEIÇÃO FARIAS DA SILVA GURGEL DUTRA E MELISSA RAFAELA COSTA PIMENTA

Livraria da Física

TeleFONES
Loja virtual
Loja IFUSP : (11) 3815 8688
Editora
ESCRITÓRIO (11) 3459 4323 OU 3459 4324 ou 3459 4326
Seu carrinho
  • Busca avançada

Física

Lançamento
DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL, POLÍTICAS PÚBLICAS E E MEIO AMBIENTE NO CAMPO E NA CIDADE
ORGANIZADORES: MÁRCIA REGINA FARIAS DA SILVA, EMANOEL MÁRCIO NUNES, NILDO DA SILVA DIAS, ALEXANDRE DE OLIVEIRA LIMA, ALFREDO MARCELO GRIGIO, MARIA DA CONCEIÇÃO FARIAS DA SILVA GURGEL DUTRA E MELISSA RAFAELA COSTA PIMENTA
Quantidade limitada no estoque. Envio imediato.
Editora editora livraria da fisica
Área AGRICULTURA
Idioma Português
Número de páginas 236
Edição 1ª EDIÇÃO 2019
ISBN 9788578616267
EAN 9788578616267
Neste livro reunimos uma coletânea de textos produzidos por professores e pesquisadores de diferentes instituições universitárias do Brasil e da Universidade de Barcelona na Espanha. O livro trata de forma mais específica de temáticas relacionadas ao o desenvolvimento territorial sustentável, políticas públicas e meio ambiente, entre outros temas correlatos.
Nessa direção, a obra é articulada em três frentes: a primeira centrada na dinâmica do desenvolvimento territorial sustentável, de forma particular apresenta experiências desenvolvidas nos Territórios da Cidadania do estado do Rio Grande do Norte; a segunda que trata de políticas públicas de produção e de aquisição de alimentos,
apresentando pesquisas desenvolvidas na região Nordeste do Brasil, na Espanha e no Peru; além destas há a terceira frente que, apresenta temas que se desdobram, com experiências na área de meio ambiente e patrimônio arqueológico, e com possibilidades de leituras independentes.
As políticas públicas voltadas para o desenvolvimento territorial no Brasil, como são observados nos dias atuais foram concebidas e implementadas, pioneiramente, no período de 2000 a 2014, época que pode ser considerada como marco, no tocante a implementação de políticas públicas voltadas para a (re)estruturação sócio produtiva,
incidindo sobre as diferentes realidades territoriais brasileiras, com vista a promover o desenvolvimento, no âmbito local.
Nesse período, o Brasil acompanhou uma tendência mundial, focando em metas propostas pelas Organização das Nações Unidas, ou seja, os Objetivos do Milênio.
Essa Agenda Global, direcionou a formulação de políticas sociais, ambientais e de desenvolvimento econômico no Brasil, tendo como meta principal o combate à fome e a busca da superação das condições estruturais que mantêm as situações de miséria
e fome no país.
O debate teórico presente sobre as articulações entre o desenvolvimento, o território, e as políticas públicas instituídas nas últimas décadas caminharam no sentido de aprofundar uma perspectiva alternativa, de correntemente para ações que discutiram e consideraram a emergência das políticas de desenvolvimento territorial no Brasil, a partir de um movimento contraditório, em que a descentralização das políticas públicas e seu compartilhamento com as instâncias de organizações participativas da sociedade civil derivavam, de um lado, da descentralização política ocorrida após a crise do governo militar, a redemocratização e a conquista da cidadania, valorizando os movimentos sociais e as ações locais nos debates de tomada de decisões, com a formação de instâncias de discussões participativas, como os espaços colegiados nos territórios da cidadania, os comitês de bacias hidrográficas, entre outros, que contribuíram para ampliar a participação popular na tomada de decisão.
Atualmente, já caminhando para o segundo decênio do século XXI, observamos que a onda neoliberal que esteve fortemente presente na década de 90 do século XX, encontra-se em movimento, podendo ser observada na tendência mundial e nacional da descentralização, ou seja, um caminho prescritivo dentro do conjunto de políticas
voltadas à redução do papel do Estado.
Preço da tabela: R$ 60,00
Nosso preço: R$ 42,00
ATENÇÃO: Os pedidos deste catálogo estão sujeitos a alteração sem prévia comunicação. Os pedidos ficam condicionados a disponibilidade do nosso estoque e de nossos fornecedores (editoras e distribuidores). Esclarecemos aos consumidores que, por não sermos vendedores no atacado, pedidos que possuam mais de um item do mesmo produto, poderão sofrer alteração no prazo de entrega se a quantidade de produtos solicitados for maior do que a quantidade disponível em nosso estoque, para não ter dúvidas sobre quantidades, consulte antes por e-mail (vendas@livrariadafisica.com.br)